terça-feira, 9 de fevereiro de 2010


ALMA MUNDI

A verdadeira sabedoria não está na poesia um dia escrita.
Mas na alma universal que essencialmente a inspira.

Sábios são aqueles que desvendam a alma do poeta.
E que sentem com o seu coração irrequieto.
E que veem com a sua mente desperta.

Pois que eles criam asas e alcançam voar…


Kátia Drummond
The Travelling Poet

Um comentário:

Kanauã Kaluanã disse...

Kátia,

Sempre pensei que todo ser sensível à poesia é também um seu coadjuvante.
Há sempre uma diáletica... é nesta alma universal onde todos depositam um pouco que o poeta vai beber, dar forma e devolver.

Asas são sempre em par, e poesia, que não é monólogo, é o respirar do inspirar, e é impulso.

Vejo sempre tuas mãos cheias de aura dessa "alma mundi".

Um beijo, querida poetisa.
.
.
.
Katyuscia.