domingo, 23 de março de 2008


PRIMAVERA OUTONAL

Viver é mais que saber
que nada é definitivo
quando o corpo está vivo,
quando bate o coração.
O resto é futuro incerto.
Felicidade de giz
desenhada no deserto.

Viver é mais que querer
estar aqui ou ali.
É simplesmente viver.
Sem procurar entender
por que o março outonal
é a primavera a florir
nos marços de Portugal.


Kátia Drummond
Em dia de aniversário outonal.

Foto: Katia Drummond. Lisboa, Portugal.

5 comentários:

della-porther disse...

amiga querida

continuo te esperado para um abraço
quero rever Sávio tb
beijos


della

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Oi!

Gostei.

Germano Xavier disse...

Katia,

chego ao teu espaço através da indicação da Iara e sinto que tua casa é uma boa casa para morar.

Leio e páro, reflito, penso.
A poesia está em você.

Deixo um abraço de estima.
Germano Xavier

www.clubedecarteado.blogspot.com

Guru Martins disse...

...e daqui te mando
um beijo primaveril
recheado de gerânio
ipê bougavile
e um desfile de pássaros
e borboletas atestando
menos uma estação
na existência do cristão
que nem tão cristão é assim
mas que caminha em grande estilo
para o fim
pois estando no Rio
na Conchinchina ou Portugal
a certeza universal da transitoriedade faz nascer
a certeza crucial que somos nós
os cordeiros de Deus
que tiramos os pecados do mundo
e seguimos para o abate
com mochilas e roupas de marca
admirando a paisagem e colorindo
o corredor da morte com o melhor
de cada um de nós
pois se não tem jeito
esse deve ser o grande lance:
decadance avec elegance!!!

Guru, seu criado e admirador perecível...

Guru Martins disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.