quinta-feira, 7 de junho de 2007



LISBOA

[Para Fernando Pessoa, [e]terno Mestre. Em memória.]

Aqui, por onde sangra o Tejo,
a melancolia é mesmo tanta,
e a nostalgia emerge tão concreta,
que nem o rebuliço ruidoso dos jovens,
nem o ânimo incontido dos artistas,
sequer a lucidez profana dos poetas,
alcançam entender-te, transformar-te.

Aqui, por onde floram as primaveras
e brotam alegóricos cravos rubros,
as pessoas revelam-se tão incrédulas
que parecem viver a esperar fantasmas.
Taciturnas almas penadas…
Perpetuação dos tempos findos!

Prantos de pedras tragados pelo tempo.
Hoje... esculturas esculpidas no cais.

Aqui, por onde passam esquifes,
e as esperanças desvanecem,
eu, apenas eu, abraso-te, animo-te.
Posto que trago em mim
o espírito libertário das gaivotas.
E o coração a desatar-te amarras
e a purgar-te o inebriante banzo.

Poemas viscerais, guardados em garrafas,
submersos nas lágrimas salgadas do teu mar.


Kátia Drummond
Em primavera portuguesa. Sintra, 2007.


FOTO: Alfama, Lisboa. Por Wolfgang Kaehler.

9 comentários:

Charlyane disse...

Vim, fiz um passeio por entre as flores deste jardim encantado.
Saio daqui em paz e perfumada.
Parabens
Beijos ...

((*_*))

Manuel Margarido disse...

Kátia, o tue blogue surpeende-me. Para quem não nasceu em Lisboa, não cresceu nos perfumes de Alfama e do Castelo, é como se fosses nativa desta gente milenária, triste e generosa, grande mas singela.

Adorei.

Tim

Alexandre disse...

Arrepiei, com a beleza de teus versos:

Poemas viscerais, guardados em garrafas,
submersos nas lágrimas salgadas do teu mar.


O teu talento sobrepuja...

Parabéns!!!

Música Popular Brasileira disse...

Seu trabalho é lindo! Parabéns!
Beijos, Ava Araujo

Guru disse...

Reflexão

Já disseram
Que a arte anuncia o paraíso
Então suponho que o paraíso
Deve ser muito melhor que a arte

emília couto disse...

linda lisboa...
fantástico seu poema

beijos

emília

Maria Moura. disse...

Katia,
que posso te dizer a não ser 'obrigada' por me teres convidado a revirar as páginas guardadas entre as paredes deste sotão?
amei tudo que li e quero te convidar a folhear também as páginas do meu meMMorial.
com certeza, vamos nos ler mais vezes...
MM.

Sombras Somente disse...

Maravilhoso (como sempre).

Guru disse...

...mas diga p mim,querida:
recebeu os mp3 q tu me pediu?
tbj